Algumas das principais zonas turísticas de Angola, como as quedas de água de Calandula e Mussequele, além da península do Mussulo e da Ilha do Cabo, em Luanda, vão estar em destaque no pavilhão angolano na 23ª edição da Bolsa de Turismo de Lisboa, informou o “site” chinês Macau Hub.

Em declarações à imprensa, a director nacional do Instituto do Fomento Turístico (Infotur), Rosa Cruz, disse que serão apresentadas em DVD imagens de locais turísticos como as quedas de água do Mupa, no Huambo, e do Binga, no Kuanza Sul, serra da Leba (Huíla), além de outros atractivos.

Rosa Cruz acrescentou que Angola vai participar na Bolsa de Turismo de Lisboa com mais de 20 operadores do sector, ligados a unidades hoteleiras e agências de viagens, que deverão aproveitar a oportunidade para estabelecerem parcerias.

A Bolsa de Turismo de Lisboa decorre de 23 a 27 do corrente mês e tem como objectivo promover o turismo em Portugal junto dos países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).